E-commerce: 3 erros que você jamais pode cometer

 

Um e-commerce é parecido com uma loja física. A única diferença é que ele permanece no mundo virtual e só pode ser encontrado na internet – o meio em que quase toda a população passa uma grande parcela de seu tempo.

Mas da mesma forma que na loja física, o e-commerce requer um bom gerenciamento para atrair clientes, vender, obter lucros e se expandir.
E existem alguns erros que podem frear o crescimento do e-commerce e até levá-lo a falência, se não forem reconhecidos e contornados rapidamente.

A seguir, mostraremos os três principais erros, que jamais podem ser cometidos.

 

  1. Dificultar o pagamento

Muitas lojas virtuais dificultam o pagamento ao:

  • Disponibilizar um checkout muito complexo;
  • Oferecer poucas formas de pagamento.

Isso acaba afugentando os clientes na fase mais importante em que eles se encontram: o pagamento.

E quando um cliente fica frustrado com isso, dificilmente ele retorna à loja. Assim, a venda é  perdida.

No caso do checkout, ele precisa ser o mais simples e acessível possível. Ele deve:

  • Ter poucas telas;
  • Solicitar apenas as informações realmente necessárias;
  • Funcionar bem tanto em computadores como em dispositivos móveis;
  • Facilitar a visualização do boleto.

 

E no caso das formas de pagamento, devem ser disponibilizadas as mais comuns (cartão de crédito e débito e boleto bancário) e também outras, como Paypal.

Isso evita o afugentamento de clientes na etapa mais importante e também novas despesas com marketing para fazer eles voltarem.

 

  1. Oferecer uma logística ruim

Após comprar um produto, o que um cliente mais quer é recebê-lo. E quando atrasos acontecem ou ocorre uma avaria no produto ele acaba ficando muito frustrado e relatando sua péssima experiência na internet – o que afeta a imagem do e-commerce e impede a atração de mais clientes.

E ao contrário do que muitos pensam, a transportadora não é a única responsável pelo processo logístico.

O e-commerce também precisa fazer a sua parte:

  • Otimizando o estoque para que os produtos possam ser encontrados rapidamente;
  • Permitindo que seus clientes rastreiem seu pedido (muitas transportadoras disponibilizam ferramentas que permitem isso e que podem ser utilizadas pelos e-commerces);
  • Planejando a logística reversa para o caso de um cliente querer trocar o seu produto.

Tudo isso contribui para a logística do e-commerce ser boa e não afetar a experiência de seus clientes.

 

  1. Prestar um péssimo atendimento

A Lei do Comércio Eletrônico cita claramente que é preciso oferecer um atendimento eficaz, que possibilite ao consumidor obter informações, tirar dúvidas, fazer reclamações e solicitar a suspensão ou o cancelamento do contrato.

Então, prestar um atendimento bom não é algo opcional, e sim obrigatório. E para isso, o e-commerce deve disponibilizar vários meios (como e-mail, chat, telefone, Whatsapp, Skype, etc) e prestar um atendimento rápido, que realmente atenda às necessidades dos consumidores.

Um e-commerce que oferece um bom atendimento se destaca no mercado, pelo fato de muitas lojas virtuais não fazerem isso.

Agora que você já sabe quais são os erros que podem frear o crescimento do seu e-commerce, poderá começar a tomar medidas para evitá-los.

Conferiu todos os erros? Agora aproveite para ver quais são os obstáculos que impedem o crescimento do seu e-commerce!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*