7 características que uma boa plataforma de e-commerce deve ter

 

Plataforma de e-commerce – Com as vendas pela internet aumentando a cada ano, cresce o número de empreendedores que desejam abrir uma loja virtual e aproveitar essa grande demanda.

E para isso, eles precisam utilizar uma plataforma de e-commerce. E ao contrário do que muitos pensam, não se pode escolher qualquer uma.

Isso porque a plataforma é o alicerce da loja virtual. Se ela for hospedada em uma infraestrutura ruim, não for otimizada para os buscadores ou oferecer um painel de controle difícil de administrar, por exemplo, os resultados do e-commerce certamente serão afetados.

A seguir, mostraremos sete características que uma plataforma de e-commerce deve ter para ser considerada ‘boa’ e contribuir para o sucesso da loja virtual.

7 características que uma boa plataforma de e-commerce deve ter

 

1.É hospedada em uma boa infraestrutura

Um dos principais benefícios de se ter uma loja virtual é que ela permanece aberta 24 horas por dias, sete dias por semana. Mas para funcionar o tempo todo, a plataforma de e-commerce precisa estar hospedada em uma boa infraestrutura de TI.

É preciso adotar uma plataforma que seja hospedada em data centers robustos, de fornecedores altamente confiáveis. Eles devem ser protegidos contra desastres e ciberataques, realizar backups diários dos dados automaticamente e ter um tempo de disponibilidade de, no mínimo, 98,99%.

Tudo isso é necessário para garantir que a plataforma funcione o tempo todo e que a loja virtual não perca vendas nem clientes.

 

2.Tem um painel de controle simples de usar

Se o painel da plataforma for confuso e complexo, ele acabará fazendo o gestor da loja virtual perder tempo e não se concentrar no que realmente importa.

É por isso que ele deve ser o mais simples possível, para o gerenciamento do e-commerce ser facilitado.

Também é importante que o painel disponibilize relatórios práticos, atualizados em tempo real, para que o gestor acompanhe tudo o que esteja acontecendo na sua loja virtual. Dados como quantidade de vendas, volume de estoque e índice de faturamento, por exemplo, são cruciais para boas tomadas de decisão.

O painel de controle também deve poder ser acessado por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, para que o gestor possa administrar sua loja em qualquer lugar do mundo.

 

3. Oferece a versão mobile da loja virtual

No primeiro semestre de 2016, o faturamento das vendas pela internet chegou a R$ 19,6 bilhões. As vendas por tablets e smartphones representaram 18,8% desse valor, o que mostra que uma quantidade significativa de consumidores compram a partir desses dispositivos.

E é justamente por causa disso que a plataforma de e-commerce deve permitir a criação da versão mobile da loja, além do site para desktops e notebooks.

Mas não é só por causa disso que a versão mobile é necessária. Em abril de 2015, o Google anunciou que páginas mobile-friendly (amigáveis para dispositivos móveis) passariam a ganhar melhores posições nos rankings de pesquisas feitas a partir de tablets e smartphones.

4. Permite a personalização do layout do e-commerce

Algumas plataforma de e-commerce não permitem a personalização de alguns itens da loja, como os botões, os ícones, os textos, os banners, etc.

Isso acaba tornando o e-commerce igual a todos os outros e não o diferenciando no mercado. E isso prejudica a atração de clientes.

Uma boa plataforma é aquela que permite a personalização da loja, de acordo com a personalidade da marca.

5 .É integrada aos principais meios de pagamento

Muitas lojas virtuais perdem vendas porque têm uma quantidade limitada de métodos de pagamento.

É importante atender a todos os desejos dos consumidores, inclusive em relação à forma de pagamento. Por isso, é fundamental disponibilizar vários meios de pagamento, incluindo cartões de crédito de diversas bandeiras, boleto bancário, Paypal, PagSeguro, etc.

6. Permite a otimização da loja para motores de busca

A utilização de técnicas de SEO (Search Engine Optimization) é importante para melhorar a posição da loja virtual nos motores de busca.

É por isso que a plataforma deve permitir a utilização dessas técnicas. A otimização do título do site e das páginas e a inserção da Meta Description com as palavras-chave são apenas algumas delas.

7.Oferece suporte especializado

A última característica de uma boa plataforma de e-commerce é o ótimo suporte que a empresa desenvolvedora oferece. Esse suporte deve ter ser feito por canais como chat, e-mail e telefone, e deve ajudar a sanar dúvidas e resolver problemas rapidamente.

Se a plataforma tiver todas essas sete características, então ela é considerada ‘boa’ e confiável, e certamente ajudará o empreendedor a criar um e-commerce de sucesso.
Agora que você já sabe quais características uma boa plataforma deve ter, comece a sua busca pela melhor. Aproveite para conhecer a plataforma da iShoponline, que possui todas as características listadas anteriormente e muitas outras!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*